Saúde

Gengibre mata 76% das células do câncer de pulmão

Você consome gengibre regularmente?

Na nossa casa, ele não falta.

E há vários motivos para isso.

São muitas as notícias positivas sobre o gengibre.

Uma delas: pesquisadores descobriram que, não só o extrato de gengibre é extremamente tóxico para as células do câncer de pulmão, mas que os seus metabólitos são ainda mais tóxicos.

Os cientistas observaram que o 6-Gingerol, um composto do gengibre importante contra o câncer, se metaboliza em 6-gingerdiol dentro de células cancerosas, e estes metabólitos matam até 76% das células de câncer de pulmão.

Não é nenhuma novidade a capacidade do gengibre de destruir células cancerosas.

Vários estudos têm demonstrado essa capacidade.

Aqui estão alguns deles:

– Pesquisadores da Universidade de Minnesota, Estados Unidos, descobriram que que fitonutrientes do gengibre podem ajudar a inibir o crescimento de células de câncer colorretal. O estudo indicou que os compostos de gengibre podem funcionar como “quimiopreventivo eficaz e/ou agentes quimio

– Um estudo apresentado na reunião anual da Associação Americana para Pesquisa do Câncer, em 2006, revelou que o gengibre também é eficaz contra o câncer de próstata e ovário.

– Pesquisadores da Universidade da Geórgia também descobriram que o gengibre pode ser útil no combate ao câncer de próstata.

O estudo, publicado no British Journal of Nutrition, mostrou que o extrato de gengibre inteiro pode ajudar a diminuir o tamanho do tumor de próstata em até 56% em camundongos.

– Pesquisadores do Departamento de Ciências Biológicas da Faculdade de Ciências da Universidade Rei Abdulaziz, na Arábia Saudita, estudaram os impactos de extratos de gengibre sobre o crescimento de células de câncer de mama.

Eles descobriram que o gengibre inibe a proliferação de células de câncer de mama sem afetar significativamente o viabilidade de células não cancerosas.

Os pesquisadores concluíram que “o gengibre pode ser um candidato promissor para o tratamento de tumores de mama”.

Outros estudos indicam que o gengibre também ajuda a combater câncer de fígado, câncer de pulmão, câncer de pâncreas e câncer de pele.

Basicamente, as pesquisas mostraram que o gengibre mata as células cancerosas de duas maneiras: por meio de apoptose e autofagia.

Na apoptose, as células causadoras de câncer são induzidas a “cometer suicídio”, destruindo a si mesmas, deixando as células saudáveis ​​intocadas.

Na autofagia, as células cancerosas são “enganadas e levadas a se digerirem”, escreveu J. Rebecca Liu, professora da Universidade de Michigan.

Nossa missão é informar, explicar e apresentar diversos tópicos sobre, saúde, bem estar e qualidade de vida. As informações disponibilizadas neste site não substituem o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

© 2018 - CuraDaNatureza.com.br

Topo