Saúde

Receita da farinha de berinjela para diminuir colesterol e ajudar no emagrecimento

Maracujá, linhaça, banana verde… Agora chegou a vez de a berinjela virar farinha. Para quem não dispensa os benefícios que ela proporciona à saúde, a novidade soa como música. O alimento em pó concentra todos os nutrientes poderosos presentes no legume. Em resumo: é possível consumir menos e ganhar mais, muito mais.

Para começar, a farinha de berinjela esbanja fibras, nas quais predominam as do tipo solúvel. “Elas são ótimas porque ajudam a digerir as gorduras no duodeno. Como consequência, ocorre uma redução nas concentrações de colesterol”, conta a nutricionista Glorimar Rosa, professora adjunta do Departamento de Nutrição e Dietética da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Vale lembrar que a profissional observou esse feito na prática, já que orientou uma pesquisa animadora sobre farinha de berinjela recentemente. O trabalho, objeto da tese de pós-graduação da nutricionista Aline de Castro Pimentel, mostrou que as concentrações de colesterol ruim (LDL) no sangue das mulheres que consumiram o suplemento por 60 dias despencaram, assim como as taxas de triglicérides e ácido úrico – afastando, portanto, as chances de desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Cintura de pilão

Por falar em males do coração, não dá para esquecer mais um importante fator de risco: a barriga saliente. A boa notícia é que a farinha de berinjela também é vista como uma ótima opção quando o objetivo é dar uma enxugada. “Presente na berinjela, a niacina faz parte dos processos metabólicos do emagrecimento. Além disso, há as fibras, que são responsáveis por proporcionar uma sensação de saciedade e ainda auxiliam na redução da absorção intestinal da gordura”, explica a nutricionista funcional Priscila Meirelles, de Pelotas (RS).

E olha que beleza: esse benefício foi constatado lá para os lados do Rio de Janeiro. Segundo a nutricionista Wânia Monteiro, co-orientadora do estudo, houve uma redução significativa na circunferência da cintura (ou seja, a gordurinha abdominal) do grupo que incluiu a farinha na dieta. Como se não bastasse, essa turma ainda viu o índice de massa corporal (IMC) baixar e o percentual de massa magra subir.

*Duas colheres (sopa) por dia de farinha de berinjela estão de bom tamanho.

Intestino

Se ele anda meio preguiçoso, causando um baita desconforto, mais uma vez a farinha de berinjela pode entrar em cena. A nutricionista e fitoterapeuta Vanderli Marchiori, de São Paulo, afirma que, por ser abastecido de fibras, o alimento é capaz de dar uma mãozinha para o intestino, evitando a terrível constipação.

Mas atenção: se você pretende tirar proveito dessa função, invista em bons goles de água, indispensável para ajudar na formação do bolo fecal. “Se não tomar esse cuidado, o efeito pode ser o oposto do desejado”, salienta Priscila.

Saúde de ferro

Para Glorimar, da UFRJ, deve-se frisar ainda que a farinha é uma importante fonte alimentar de antioxidantes (eles marcam presença na casca da berinjela), substâncias que ajudam a reduzir a possível formação de radicais livres – aquelas moléculas instáveis que favorecem o envelhecimento precoce e outros tantos problemas para o organismo.

Depois dessa lista de benefícios, ficou fácil perceber que levar o pó à mesa é uma forma de cuidar da saúde, certo? E convenhamos: com uma praticidade sem igual. Afinal, a farinha pode ser consumida com vitaminas ou sopas, fazer parte de receitas de bolos, suflês e omeletes, ser usada como complemento da refeição pronta e por aí vai… “Ela praticamente não altera o sabor dos alimentos aos quais é adicionada, independentemente de serem doces ou salgados”, finaliza a profissional carioca.

Faça em casa

Em uma forma, coloque um quilo de berinjela, com casca, cortada em fatias. Em seguida, leve ao forno a uma temperatura de 160ºC e deixe por cerca de três horas ou até o legume ficar crocante e ressecado. Depois, triture a berinjela no processador ou no liquidificador (pulsar). O produto deve ficar com aparência semelhante à da farinha de mandioca e ser armazenado em um pote bem vedado e em local arejado. Rendimento: 100 gramas. Validade: um ano.

Fonte: Glorimar Rosa, nutricionista e professora adjunta do Departamento de Nutrição e Dietética da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Shake de berinjela

Ingredientes

1 copo de leite desnatado gelado

1 colher (sopa) de farinha de berinjela

1 banana

Mel e gelo a gosto

Preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador e beba em seguida.

Rendimento

1 copo de 300 ml

Fonte: Aline de Castro Pimentel, nutricionista (SP)

Omelete de legumes

Ingredientes

2 ovos

1 cebola

1 tomate picado

1 cenoura ralada

1 colher (sopa) de farinha de berinjela

Folhas de beterraba

Salsa, orégano, manjericão, pimenta vermelha a gosto

Preparo

Bata os ovos com um garfo. Adicione a farinha de berinjela. Em seguida, coloque todos os legumes picados com os ovos batidos e a farinha de berinjela e tempere. Unte uma frigideira com um pouco de óleo e coloque a mistura. Tampe até o ovo ficar cozido. Use fogo baixo.

Rendimento

2 porções

Fonte: Longevid

Bolo de milho cremoso

Ingredientes

2 latas de milho (escorrer a água)

3 ovos

4 colheres (sopa) de margarina light

3 colheres (sopa) de farinha de trigo

3 colheres (sopa) de farinha de berinjela

1 xícara (chá) de açúcar

2 xícaras (chá) de leite desnatado

1 colher (sopa) rasa de fermento em pó

Preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador por 4 minutos. Coloque em uma forma e deixe assar por 50 minutos. Para saber se está bom, espete um palito até o fundo da forma. Se sair limpo, está pronto.

Rendimento

12 porções

Fonte: Aline de Castro Pimentel, nutricionista (SP)

Nossa missão é informar, explicar e apresentar diversos tópicos sobre, saúde, bem estar e qualidade de vida. As informações disponibilizadas neste site não substituem o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

© 2018 - CuraDaNatureza.com.br

Topo