Saúde

Receitas naturais para tratar a alopecia

Alopecia é uma doença que se caracteriza pela perda de pelos e cabelos.

Essa palavra vem do grego “alopekía”, cujo significado é “raposa”, animal que perde os pelos duas vezes por ano.

O distúrbio normalmente ocorre na região capilar (cabeça), mas também pode se manifestar em outras áreas, como sobrancelha, axilas, na barba e nas partes genitais.

A alopecia é considerada uma doença autoimune e vários fatores têm sido considerados como sua causa, principalmente os ambientais, psicológicos e genéticos.

A medicina natural tem uma visão um pouco diferente.

Para ela, essa doença, como todas as outras, ocorre devido a um quadro de intoxicação do organismo, que pode ter como causa, além da alimentação ruim, a falta de exercícios, o estresse e o consumo de entorpecentes, como álcool e cigarro.

A primeira ação para se tratar a alopecia é cuidar da alimentação.

Deve-se evitar

– Carnes e derivados

– Leite e derivados

– Açúcares, adoçantes artificiais (sintéticos), bolos, bolachas (todas)

– cerveja e refrigerante

– Farinha (glúten) e arroz branco

– Fumo, café, chocolate (o não amargo).

Além disso, é muito importante reforçar o consumo das seguintes vitaminas e minerais:

– Vitaminas do grupo B (Fontes: gérmen de trigo, amêndoas, passas, cogumelos, sementes de gergelim, de girassol, tâmaras, brócolis, espargos, agrião, cereais integrais, verduras)

– Zinco (Fontes: gérmen de trigo, sementes de gergelim, de abobora, amêndoas e cereais integrais)

– Ferro (Fontes: gérmen de trigo, salsa, beterraba, sementes de gergelim), sementes de abobora, amêndoas, tâmaras, figos, folhas verde-escuras)

– Enxofre (Fontes: agrião, couve, couve-flor, alho francês, pepino, aipo, espargos, cebola, alho, nabos e rabanetes)

Procure também consumir proteínas de origem vegetal, encontrada, por exemplo, na quinua, na lentilha, no grão-de-bico.

Consuma diariamente de dois a três sucos de frutas e vegetais, com igredientes como cenoura, abobora, maçã, beterraba, folhas verdes, entre outros.

Coloque sempre nos sucos um pedaço de gengibre, pois ele é anti-inflamatório e, por isso, pode ajudar na alopecia.

Todos esses sucos são importantes devido á presença de antioxidantes que contribuem para que não haja estresse oxidativo e morte do bulbo capilar.

Tente consumir também 1 colher (café) por dia de cúrcuma (açafrão-da-terra), que também tem atividade anti-inflamatória.

A atividade física é essencial no tratamento.

Por isso diariamente faça exercícios, como caminhada, corrida, ioga e tai-chi.

É muito importante, para o sucesso do tratamento, manter a mente positiva e encarar a vida com otimismo.

Existem ótimas receitas naturais que ajudam no tratamento da alopecia.

Vejamos algumas:

CHÁ DE ALECRIM, URTIGA E CAVALINHA

Ferva por 10 minutos:

– 5 colheres de sopa de cavalinha

– 5 colheres de sopa de urtiga seca

– 5 colheres de sopa de folhas de alecrim

Deixe repousar a noite toda.

No dia seguinte, coe/filtre esse chá.

Aplique da seguinte forma: depois de lavar a cabeça, passe o chá (que tem que estar frio) e massageie bem o couro cabeludo.

Espere 5 minutos e enxágue.

Use 2 a 3 vezes por semana.

SUCO DE AGRIÃO

No liquidificador, ponha 1 ramo de agrião e 2 colheres de sopa de água.

Triture e coe.

Aplique o suco diretamente em todo o couro cabeludo, misture bem, deixe por 30 minutos e lave a cabeça normalmente.

Use 2 a 3 vezes por semana.

CHÁ DE CEBOLA

Ferver em 1 litro de água 1 cebola sem casca em pedaços.

Desligue quando a água estiver reduzida a metade.

Coe.

Coloque o liquido num borrifador e aplique no couro cabeludo todas as noites com uma ligeira massagem e deixar até o dia seguinte.

Guardar na geladeira.

Pode aplicar frio/gelado.

Fazer durante 2 semanas e parar 1.

Voltar a fazer.

MASSAGEM COM GENGIBRE

Esfregue rodelas de gengibre sobre as zonas com menos ou sem cabelo.

Deve fazer várias vezes por semana.

Nossa missão é informar, explicar e apresentar diversos tópicos sobre, saúde, bem estar e qualidade de vida. As informações disponibilizadas neste site não substituem o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

© 2018 - CuraDaNatureza.com.br

Topo