Saúde

Xilitol é o melhor de todos os adoçantes

Já imaginou tomar um café gostoso sem sentir o gosto meio amargo do adoçante?

E se o que adoça seu suco não tivesse os malefícios do açúcar?

Pois é, seria perfeito!

Mas isso não é impossível se você optar pelo adoçante xilitol.

Não estamos falando de nenhuma novidade.

Na verdade, o adoçante foi descoberto em 1891.

Em 1960, as pessoas começaram a usá-lo para substituir o açúcar e isso fez o maior sucesso, devido a seu poder de diminuir as cáries.

O interessante é que o xilitol pode ser encontrado em muitas frutas e legumes, além de ser produzido no corpo humano.

Mas comercialmente ele é produzido a partir de plantas como bétula e árvores de madeira dura e vegetação fibrosa.

O xilitol hoje é considerado o melhor adoçante, melhor até que a estévia.

E isso não é por acaso – veja algumas de suas vantagens:

– Substitui o açúcar em igual quantidade, o que o torna prático em receitas culinárias.

– Reduz o risco de cárie

– Tem poucas calorias

– Ajuda no tratamento de doenças respiratórias

– Ajuda no tratamento de osteoporose

– Não precisa de insulina para sua metabolização, por isso é bem tolerável pelos diabéticos

Maravilhoso, não é mesmo?

Mas atenção!

O uso exagerado – acima de 60g por dia – pode provocar um efeito laxativo.

P.S.: Postamos o link deste post em nossa fan page no Facebook e leitores fizeram comentários críticos (alguns até agressivos) contra a matéria e o Cura da Natureza.

Este é um site sério e nada é publicado aqui sem a certeza da informação.

Nossas fontes são várias, seguras e confiáveis.

Sobre o xilitol, por exemplo, lemos vários textos.

E, aos que criticaram o post sobre esse adoçante, recomendamos-lhe a leitura deste , a principal instituição universitária do país.

Nossa missão é informar, explicar e apresentar diversos tópicos sobre, saúde, bem estar e qualidade de vida. As informações disponibilizadas neste site não substituem o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

© 2018 - CuraDaNatureza.com.br

Topo